ACABE, AGORA, COM A SUA RESERVA FINANCEIRA!

Um pouco sobre mindset financeiro

Como empreender tem tudo a ver com dinheiro, a gente resolveu falar um pouco sobre reserva financeira.

 

Todo empreendedor precisa entender um pouquinho de finanças pra empresa não quebrar, né!!?

 

Então, vamos ao ponto. Nós acabamos com a nossa reserva financeira antes do tempo!

 

E agora? Vão voltar a ser empregados?

 

Não! Não! Não é nada disso.

 

A gente simplesmente percebeu que era muito importante mudar o nosso mindset financeiro, e fomos conversar com o nosso amigo Yuri Gitahy, investidor anjo, fundador do Bol e investidor da Sympla, e de outras empresas.

 

E ele falou assim: reserva é reserva. Reserva financeira não é pra mexer. Entendeu?

 

Ficamos chocados. Qual era o nosso mindset?

 

A gente pensava assim: vamos tocando a empresa e usando essa reserva aqui quando faltar.

 

Só que percebemos que estávamos ficando muito confortáveis com a nossa reserva. Ela cobre 10 vezes os nossos custos tanto da empresa quanto dos gastos pessoais.

 

Então, a gente estava usando a reserva sempre que precisava, quando queria e sem muito critério.

 

E quando o Yuri disse que reserva não era pra mexer, eu perguntei: pô mas todo mundo sabe que no empreendedorismo tem mês que vem mais e tem mês que vem menos. Como é que eu faço, então?

 

Acabe com a sua reserva! Ou seja, acabe com o seu jeito de pensar sobre a sua reserva. Reserva financeira não é pra mexer.

 

Se você empreende, o que vc precisa é de um FLUXO DE CAIXA de 3 meses, ou de quantos meses você achar ideal. A gente usa 3 meses.

 

Esse valor do fluxo de caixa, vc pode, por exemplo, deixar em um CDB, que não tem taxa de administração e a liquidez é alta (que quer dizer que você pode retirar em qualquer momento).

 

Ou seja, esse fluxo de caixa existe pra que você possa pegar pra pagar as contas, caso aquele mês não tenha caído do dinheiro. E depois você precisa se esforçar para devolver o dinheiro pro mesmo lugar.

 

Depois que a gente começou a fazer desse jeito, a gente passou a mudar várias coisas no nosso comportamento. A principal delas é que hoje a gente procura fazer o dinheiro antes de sair gastando.

 

Ou seja, antes de contratar um profissional, ou comprar um equipamento novo, você pode encontrar formas de levantar essa grana antes.

 

Por exemplo, o Fabrício precisava de um computador novo. Então, em vez de a gente tirar da reserva financeira, ele conseguiu um novo cliente, ou seja, fechou um novo contrato, daí tivemos uma nova entrada financeira.

 

O que a gente fez foi fazer entrar uma grana a mais, além das que cobriam as despesas daquele mês. E aí sim, com esse dinheiro do novo contrato, ele foi lá e comprou o computador.

 

É o mesmo que pensar: não temos reserva financeira. Entendeu?

 

Pensa só! Se você não tivesse a grana, você não ia ter que levantar o dinheiro? Foi isso que a gente fez 🙂

 

Então, vamo lá!! ACABE COM A SUA RESERVA FINANCEIRA.

 

Não tem que mexer na reserva. Se pra você é difícil, como foi pra gente, então, acabe com a sua reserva, finja que ela simplesmente não existe, não é um dinheiro pra vc usar pra pagar contas. Nem suas, nem da empresa, beleza?

 

Se conhece algum empreendedor precisando de um help, compartilhe este post com ele.

 

Simbora fazê!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *