Descubra o seu perfil em relação ao seu propósito de vida

Como você se vê em relação ao seu propósito de vida?

Queremos falar um pouco sobre os perfis das pessoas em relação a propósito de vida profissional e gostaríamos que você refletisse em qual deles você mais se enquadra.

O Viva a Segunda utilizou uma abordagem do Design (Design Thinking e Design de Serviços) para entender em profundidade como poderia criar um serviço que realmente ajudasse as pessoas no quesito propósito e empreendedorismo. Ao buscarmos informacões sobre o comportamento do nosso público alvo chegamos a alguns perfis. Veja em qual você mais se encaixa: FullSizeRender (1)

1. Trabalhador sem Alma – é aquela pessoa que vai para o trabalho desanimada e faz o que se espera dela, somente. Faz o mínimo de esforço necessário para cumprir as tarefas que lhe são passadas e conta as horas para sair do trabalho ou para chegar o final de semana ou as férias. Está nitidamente insatisfeita, mas não vê qualquer possibilidade de mudança. Acredita que a vida é assim mesmo e pronto!

2. O Cara da Grana – pessoa que trabalha unicamente por causa do dinheiro. Não enxerga a profissão como algo que possa lhe fazer feliz ou melhorar o mundo. Ele também não se dedica como poderia, pois não possui outra motivação além do dinheiro. Faz minuciosos cálculos e sempre está inconformado com o salário que ganha. Acha esse negócio de trabalhar com propósito uma bobagem (isso não existe).

3. Será que …? (ou Seraci …? para os íntimos) – pessoa que faz qualquer coisa que aparecer na frente ou toca vários projetos ao mesmo tempo. Vive trocando de projeto ou profissão, por isso não tem dificuldade para a mudança. Acha que está satisfeito, mas no fundo se sente perdido. Propósito é uma coisa que ainda não passou pela sua cabeça.

4. Garimpeiro do Propósito – pessoa que está procurando fazer algo com mais sentido na vida, algo que realmente brilhe os olhos. Ainda não sabe o seu propósito, mas quer saber. Tem abertura para encontrar o propósito e já busca realização profissional.

5. Shiny Happy People (pessoas felizes e cintilantes) – pessoa que já encontrou seu propósito de vida, mas ainda não possui um modelo de negócio rentável. Esse perfil ama o que faz, mas ainda não é bem sucedido financeiramente no que adora fazer mesmo sendo um bom profissional.

6. Super Realizado – pessoa que já atua em seu propósito, consegue viver financeiramente dele, gerando valor para as pessoas. Esse perfil conseguiu transformar o que ama em um negócio rentável. Não diferencia trabalho de diversão e  transforma positivamente o mundo à sua volta.

Ao discutirmos esses perfis com a equipe de designers de serviço, percebemos que é possível transitar de um para outro até que se chegue ao Super Realizado

Você conseguiu descobrir o seu padrão predominante em relação a propósito de vida?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *