Como escolher o nome da sua empresa ou produto

Muitas pessoas chegam até a gente, seja na mentoria, na consultoria ou nos cursos online, pedindo ajuda para escolher o nome da sua empresa ou produto.

E eu vou dar uma dica aqui de como fazer, mas primeiro eu vou contar sobre como a gente chegou no nome VIVA A SEGUNDA.

Eu e o Fabrício estávamos infelizes com o trabalho que a gente fazia. Eu era servidora pública federal e ele era publicitário.

Então, a segunda-feira pra gente era um dia difícil e foi assim por muitos anos. Mas até então isso era só um fato: domingo à noite era um momento que a gente já começava a sofrer. 

Tentamos empreender em várias áreas (quiosque de acessórios de roupa, pizzaria, empresa de gameficação, serviço de formação de líderes), e, no começo, era sempre muito legal, mas em pouco tempo o sentimento de “não querer a segunda-feira” voltava.

Fizemos imersões e cursos que nos fizeram olhar pra dentro da gente. Foi aí que caiu a ficha que se a gente não estivesse verdadeiramente conectado com o nosso negócio, a gente ia querer desistir sempre que chegassem as dificuldades.

Percebemos a importância de um negócio realmente FAZER SENTIDO na nossa vida.

Com a nossa experiência montando negócios e olhando para o nosso lado empreendedor, percebemos que a gente podia ensinar isso para as pessoas. Ensinar a trabalhar com o que ama e ganhar dinheiro com isso.

Então, decidido o desafio, deitamos na nossa cama e começamos a fazer um brainstorming de nomes que tinham a ver com essa proposta de viver do que se ama fazer.

COMO FIZEMOS

Separamos 25 minutos para o brainstorming individual. Ou seja, cada um pensando separadamente, sem interferir na ideia ou no raciocínio do outro, e cada um colocando o que viesse na cabeça, sem se limitar, sem se julgar.

Depois que terminamos o tempo, fomos trocar as ideias.

E na hora que eu bati o olho em VIVA A SEGUNDA, ideia do Fabrício, eu falei: é isso!! Bateu o sino na hora.

E viver bem a segunda, assim como os outros dias úteis da semana, claro, passou a ser um dos nossos pilares.

No nosso caso, o nome que a gente chegou bateu forte, fez um sino tocar dentro da gente, e não tivemos dúvida. 

Mas pode ser que no seu caso isso não seja assim tão rápido.

Então, o que a gente sugere (e a gente faz para os nossos produtos) é:

PASSO 1:

  • Escolha um negócio que tenha a ver com você, com os seus valores, talentos e missão. 

Essa parte é muito importante, porque trabalhar sem acreditar que aquilo que você faz realmente tem a ver com você, com o que você gosta, e em como você pode ajudar as pessoas no mundo, pode ficar muito pesado mais tarde.

PASSO 2:

  • Brainstorming de 25 minutos; 
  • Fazer individualmente;
  • Se você tem um sócio, pede pra ele fazer também separadamente;
  • Deixa dormir um dia.

PASSO 3:

  • Outro brainstorming de 25 minutos;
  • Aqui você não vai olhar para o que vc fez no dia anterior. Faça como se fosse a primeira vez;
  • Fazer individualmente também;
  • Compartilha tudo com o sócio.

Esse terceiro passo é muito importante se você não tem o hábito de criar nomes, como os publicitários. A gente não precisou porque o Fabrício trabalhou com isso por muitos anos, então, pra ele é mais fácil.

Mas todo mundo pode criar nomes de negócios, desenvolver a criatividade. É só não ficar parado na primeira ideia.

PASSO 4:

  • Selecione as 5 melhores ideias;
  • Envie para uns 10 amigos, explicando o seu projeto, e pedindo um voto pra qual nome ele ou ela acha melhor;
  • Compile os votos e escolha.

A gente fez isso para os nosso produtos e o feedback da galera foi muito legal e importante.

Às vezes você quer ser mais criativo, às vezes você é mais objetivo, não importa. O que importa é não se travar, soltar o braço, escrever e fluir.

Boa sorte e Simbora fazer!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *